postado por em movimento

sobre a minha verdade,

quando minha mestra, Sônia Sumar, me batizou no yoga há 12 anos, eu sabia que o caminho não seria fácil. E não foi e não é. Enfrento quase sempre questionamentos e olhares tortos sobre a forma não muito convencional em relação aos “padrões” que foram estereotipados para um instrutor de yoga. Mas o que é um padrão? E quem o estabeleceu? eu quis sair da “caixa” e o yoga foi o meu trampolim, mas não queria pular para outra, por isso me agarrei com unhas e dentes e escrevi na minha alma o maior princípio ensinado em meu curso: Satya (veracidade), por isso não crio realidades. minha mãe, meu exemplo de vida, nos diz: “a verdade sempre está fora de todos os padrões fixos”. Eu não sou um padrão fixo. E acredito que minhas mestras (minha mãe e Sônia Sumar) também não são. e eu sigo vivendo, errando e às vezes acertando como todo mundo. Continuo não gostando muito de gente morna, de gente pela metade. Osho nos ensina que...

leia mais

postado por em movimento

não pratique yoga, entenda!

muito se fala sobre as razões para inserir no dia a dia a prática milenar do Yoga. O que não se comenta é o contrário: os motivos pelos quais você NÃO deve praticar yoga. vai arruinar seu consumo de cachorro-quente e batata frita, quando você tem uma prática de asanas (postura de yoga) regular, vai perceber os efeitos que os alimentos que você come têm em seu corpo num nível totalmente novo. A ponto de você realmente sentir que deve desistir de algumas das suas guloseimas. Se você é um fanático por trash food, é melhor fugir do tapete de yoga. vai colocar um fim nas suas noitadas, ao chegar em sua esteira de yoga depois de uma noitada fora, ou uma noite assistindo episódios inteiros da Netflix você vai preferir dormir com as galinhas, aliás tanto dormir quanto acordar. Com isso, suas noites em claro curtindo baladas ou festas podem estar com os dias contados. ama um drama? Cuidado com o yoga, é muito difícil manter uma vida de drama quando você se dedica...

leia mais

postado por em movimento

um filme interessante, assista!

este é um filme muito legal, leve, paisagens lindíssimas. “Despachado para a Índia” é uma comédia de diferenças culturais com um toque de romance. um homem acaba de receber uma má notícia: sua área será terceirizada e, além de demitido, ele será enviado à Índia para treinar seu substituto. Ele viaja esperando o pior e as coisas realmente não começam bem. Mas, à medida que ele conhece os costumes do lugar, vê que não é tão difícil quanto parece. Rapidamente descobre que tem muito a aprender – acerca da Índia, da América e dele próprio. infelizmente ainda não consegui o filme dublado ou legendado para disponibilizar, mas vale a pena pela cenografia caprichada arriscar-se no inglês! Pegue a pipoca e boa...

leia mais

postado por em movimento

o yoga é realmente eficaz?

este vídeo impressiona, fiquei muito comovido com o relato deste homem. Dedique alguns minutos do seu dia para assistir e acredite, você pode mudar! A incrível história de Arthur Boorman, veterano da guerra do golfo e desacreditado por médicos em sua recuperação através do...

leia mais

postado por em movimento

emocionante encontro, veja!

este vídeo faz parte de um documentário chamado do Lodo ao Lótus que conta a transformação espiritual do detento Luis Henrique Gusson Coelho, no interior de um presídio, a partir da obra do mestre em Yoga, professor Hermógenes, emocionante! o livro está esgotado, mas você pode ler on line ou fazer o download em pdf clicando aqui...

leia mais

postado por em movimento

livro raro de yoga para download!

o Yoga Makaranda, ou O Néctar do Yoga, foi o primeiro livro de Sri Krishnamacharya sobre Yoga. Publicado em 1934, no idioma Kannada, e lançado agora pela primeira vez no Ocidente, em inglês, esse livro era na época um dos pouquíssimos disponíveis sobre o assunto. Eram tempos em que o Yoga e os demais conhecimentos tradicionais da Índia, desvalorizados na cultura imposta pelo domínio colonial britânico, estavam em desuso e praticamente em vias de desaparecimento. sri Tirumalai Krishnamacharya é considerado o responsável por resgatar o conhecimento de Yoga, tendo sido, naquele início do século XX, o elo entre a tradição ameaçada de perder-se e os tempos modernos. em 1924, Krishnamacharya retornava a Mysore (sul da Ín­dia), depois de um período de mais de sete anos vivendo nos Himalaias com seu mestre, Sri Ramamohan Bramachari, perí­odo em que se dedicou exclusivamente ao aprendizado e à in­tensa prática de Yoga. De volta a Mysore, ele começava a cum­prir a tarefa que lhe tinha sido dada por seu mestre ao final do aprendizado:...

leia mais
WhatsApp Personal YogaEnvie um WhatsApp agora!